Um momento perfeito de escrita


Um Momento Perfeito de Escrita

N/A: Esse texto foi criado para um exercício do "Ninho de Escritores Online" sobre um momento perfeito de escrita.

Após tantos anos, ali estava eu, ali estávamos nós. Duas estranhas que um dia foram mais do que amigas. Seus olhos me prenderam uma vez mais e seu sorriso, surpreendentemente, apareceu ao me reconhecer. Eu queria falar, mas da minha boca nada saía. Eu estava branca, tremendo, com o coração acelerado, estômago embrulhado. Sua mão tocou em meu braço, senti-o queimar. Segurei em sua mão, por milésimos de segundo, até que ela me soltasse e se afastasse. Suspirou… Sorriu… Olhou-me… E partiu. Não sei explicar como me senti, um misto de dor e emoção, um pouco de felicidade, mas cheia de dúvidas.

Ser amada é doce


Ser amada é doce como eu jamais achei que poderia ser. Eu sempre me foquei em amar as pessoas, em me doar ao máximo, mesmo sabendo que eu nunca seria amada da mesma forma. Então eu experimentei a doçura de toques suaves, apelidos carinhosos e abraços quentinhos em noites frias. Acostumei-me a acordar com seus beijos e seu rosto macio, a ir dormir enroscada em seu corpo, de mãos dadas. E tal criança pequenina falo contigo em uma linguagem fofinha que os amantes usam.

Ser amada é doce como um sopro de vida. Saber que mesmo com todas as lágrimas e as vozes que sussurram em meu ouvido eu tenho uma alegria que me abraça todas as amanhãs. Sentir-se amada é um calorzinho gostoso de fim de tarde, contrastando com aquele arrepio gostoso da brisa das manhãs. Sinto-me mais viva, com vontade de viver e desbravar novos lugares, viver novas situações.
Eu queria lhe arrancar do meu peito.

Doses diárias de amor 01


Às vezes é bom, às vezes não é. Dia após dia vamos aprendendo a lidar uma com a outra. Às vezes, brigas e discussões são inevitáveis, mas já estou me cansando disso. Não gosto de te ver chorar, não gosto de te ver triste. Você tem um sorriso tão bonito... Lhe disse isso na primeira vez em que nos encontramos. São tantas coisas boas que acontecem diariamente, mas que de tão pequeninas, passam despercebidas... Por exemplo, gosto de fazer cócegas em você, e sabe por quê? Para te ver rindo. Gosto de te ver sorrindo. Acho fofo que, quando você me aperta, arregala os olhinhos e eu fico olhando para eles, tão bonitinhos. Ou quando ficamos dando cheirinhos uma na outra, Gosto de cheirar seu pescoço e sentir seu perfume, e quando você não está, dormir abraçadinha com seu travesseiro. Gosto de te abraçar e apertar, dar beijos nas suas mãos, na sua barriga, no seu rosto, sua boca. Gosto de me aconchegar em você quando está frio. Gosto de assistir a séries nem que for por 10 min de noite porque está tarde e você precisa realmente dormir. Tanta coisa que gosto em você... Em nós... E, nos piores dias, gosto de te abraçar forte, enquanto chora no meu ombro, para saber que eu estou aqui, te abraçando, consolando, dando apoio. Para saber que eu amo você.
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger